Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > Dia do Soldado e Bicentenário da Independência são temas de palestras em escolas
Início do conteúdo da página

Matrizes do 2º Batalhão de Polícia do Exército dão à luz nove filhotes

Publicado: Quinta, 03 de Fevereiro de 2022, 09h11 | Última atualização em Quinta, 03 de Fevereiro de 2022, 09h15 | Acessos: 666

Links relacionados:

Osasco (SP) – As cadelas matrizes Hira, da raça pastor-alemão, e Bally, da raça pastor-belga-malinois, deram à luz no 2º Batalhão de Polícia do Exército (2º BPE) nos dias 21 e 23 de janeiro, respectivamente.

Hira teve 6 filhotes, sendo quatro machos e duas fêmeas, e Bally, dois machos e uma fêmea, totalizando três filhotes.

Os adestradores Cabo Moura Luz e Soldado Figueiredo acompanharam os trabalhos de parto, que duraram, cada um, mais de 12 horas.

Ao nascerem, os filhotes passaram pelos cuidados dos veterinários Capitão Felipe e Tenente Daiana, que também acompanharam a gestação das cadelas.

Dentro de alguns meses, os filhotes deixarão o 2º BPE e seguirão para vários quartéis do Exército em todo Brasil.

A Seção de Gestão Logística de Remonta e Veterinária definirá o destino dos cães quando eles completarem dez semanas, após aplicação de testes e observações subjetivas (possibilidade de aplicação ao trabalho).

Cães de Guerra

O canil do 2º BPE é composto por uma Seção de Cães de Guerra e por um Centro de Reprodução e Distribuição de Caninos.

Na Seção de Cães de Guerra, os cães são treinados para localizar entorpecentes e explosivos e garantir a proteção de autoridades e da população em grandes eventos, como foi na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos no Brasil.

Já no Centro de Reprodução e Distribuição de Caninos, cães selecionados das raças rottweiler, labrador, doberman, pastor-alemão e pastor-belga-malinois são utilizados para melhorar a carga genética dos cachorros do Exército Brasileiro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página