Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > Regimento Anhanguera completa 100 anos de fundação
Início do conteúdo da página

Grupo Bandeirante reconstitui o último tiro de Artilharia da FEB na 2ª Guerra Mundial

Publicado: Sexta, 29 de Abril de 2022, 14h47 | Última atualização em Sexta, 29 de Abril de 2022, 14h49 | Acessos: 733

Barueri (SP) – O 20º Grupo de Artilharia de Campanha Leve (20º GAC L) - Grupo Bandeirante reconstituiu, no dia 29 de abril, a última missão de tiro de Artilharia da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a Segunda Guerra Mundial. O Grupo Bandeirante foi a única unidade de Artilharia do Estado de São Paulo a combater na Itália ao lado dos Aliados.

A solenidade foi presidida pelo Vice-Presidente da República, General de Exército Antonio Hamilton Martins Mourão, cujo pai, Antonio Hamilton Mourão, integrou o Estado-Maior do Grupo Bandeirante na época da guerra.

"Para mim é um motivo de muita emoção e de muita alegria. Sinto-me honrado e privilegiado por poder participar dessa cerimônia, que condiz com as tradições do nosso Exército. Porque um Exército se alicerça em cima daquilo que seus antepassados fizeram", destacou o General Mourão.

Também prestigiaram a formatura o ex-combatente do Grupo Bandeirante Orlando Donadio, o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, o Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Sudeste, General de Brigada Edson Massayuki Hiroshi, o Comandante da 12ª Brigada de Infantaria Leve Aeromóvel, General de Brigada Rodrigo Ferraz Silva, o deputado estadual Coronel Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada e o Comandante do 20º GAC L, Tenente-Coronel Aderson Iwamoto da Silva.

A solenidade foi marcada pelo canto da Canção do Expedicionário ao som da Banda de Música do 4º Batalhão de Infantaria Mecanizado (4º BI Mec), pelo desfile da tropa no pátio de formatura Marechal Osvaldo Cordeiro de Farias e pela encenação do último tiro de Artilharia da FEB, executado pela 2ª Bateria de Obuses Leve sob o comando de fogo do Vice-Presidente.

Último tiro de Artilharia

No dia 29 de abril de 1945, à 1h45, a 2ª Bateria do III Grupo de Artilharia da FEB cumpriu a última missão de tiro na campanha da Itália.

A data é celebrada anualmente com o objetivo de prestar homenagem aos Pracinhas, como os integrantes da FEB ficaram conhecidos, e preservar o legado de sacrifício, bravura e glória deixado por eles, mantendo viva a chama dos ideais democráticos.

Fotos: Cb Ivonildo

registrado em:
Fim do conteúdo da página