Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE transporta alimentos doados para população de Pernambuco
Início do conteúdo da página

Organizações militares de São Paulo ganham reforço de Sargentos Técnicos Temporários

Publicado: Segunda, 02 de Mai de 2022, 16h13 | Última atualização em Quinta, 05 de Mai de 2022, 09h12 | Acessos: 380
Osasco (SP) – O 2º Batalhão de Polícia do Exército (2º BPE) realizou, no dia 29 de abril, a solenidade de encerramento da primeira fase do Estágio Básico de Sargentos Técnicos Temporários.
 
Formaram, ao todo, 65 militares das seguintes organizações militares: 2º BPE, Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP), 3º Centro de Telemática de Área (3º CTA), 2º Batalhão de Suprimento (2º B Sup), 2º Centro de Gestão, Contabilidade e Finanças do Exército (2º CGCFEx), Base de Apoio e Administração do Ibirapuera, Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São Paulo (CPOR/SP), Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP), 4º Batalhão de Infantaria Mecanizado (4º BI Mec), 2ª Companhia de Transporte (2ª Cia Trnp), Comissão Regional de Obras da 2ª Região Militar (CRO/2) e 8º Batalhão de Polícia do Exército (8º BPE).
 
Os Sargentos tiveram diversas instruções, entre elas: armamento, munição e tiro; marchas, estacionamentos e serviços em campanha; treinamento físico militar; e atributos da área afetiva.
 
O serviço militar temporário tem caráter transitório, com duração de 12 meses, sendo prorrogáveis por períodos iguais, até o tempo máximo permitido em lei, que é de 96 meses. O ingresso ocorre por meio de processos seletivos simplificados divulgados em avisos de convocação.
 
Os militares temporários não adquirem estabilidade e passam a compor a reserva não remunerada das Forças Armadas após serem desligados do serviço ativo.

 

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página