Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE recebe visita do Tribunal Regional Federal
Início do conteúdo da página

Peacekeepers: CMSE homenageia militares mortos no terremoto do Haiti

Publicado: Quarta, 01 de Junho de 2022, 11h36 | Última atualização em Quarta, 01 de Junho de 2022, 11h40 | Acessos: 338

São Paulo (SP) – O Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, presidiu, no dia 31 de maio, a solenidade em comemoração ao Dia Internacional dos Mantenedores da Paz no 8º Batalhão de Polícia do Exército (8º BPE).

Durante a formatura, os 18 militares do 11º contingente da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) que morreram no terremoto do dia 12 de janeiro de 2010 foram homenageados.

Desses 18 militares, 13 eram do Comando Militar do Sudeste (CMSE): 3º Sargentos Fernandes e Kleber, do 2º Batalhão de Infantaria Leve (2º BIL); Capitão Bruno Ribeiro, Subtenente Ramos, 1º Sargento Leonardo, 2º Sargento Souza Lima e 3º Sargentos Anacleto, Pedrotti, Gonçalves, Seraphin, Tiago e Augusto, do 5º Batalhão de Infantaria Leve (5º BIL); e 2º Tenente Raniel Batista, do 37º Batalhão de Infantaria Leve (37º BIL).

O CMSE também prestou homenagem ao Cabo Diego, integrante do 15º contingente da MINUSTAH e vítima de um acidente ocorrido em 30 de dezembro de 2011. O militar foi representado por sua mãe, Sebastiana Mendes Ferreira, que recebeu uma condecoração da Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz (ABFIP) como reconhecimento pelos serviços prestados.

O Dia Internacional dos Mantenedores da Paz surgiu em 29 de maio de 1948, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) autorizou um destacamento de observadores militares para supervisionar a trégua entre Israel e seus vizinhos no Oriente Médio, dando início às operações de paz das Nações Unidas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página