Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE recebe visita do Tribunal Regional Federal
Início do conteúdo da página

2ª DE inicia Exercício Agulhas Negras com apronto operacional

Publicado: Segunda, 12 de Setembro de 2022, 09h47 | Última atualização em Segunda, 12 de Setembro de 2022, 09h47 | Acessos: 245
imagem sem descrição.

Taubaté (SP) – Como ocorre anualmente, a tropa do Comando Militar do Sudeste (CMSE) coroa o seu ano de instrução com um grande exercício no terreno. Nessa simulação de combate de defesa externa, denominada Exercício Agulhas Negras 2022, a 2ª Divisão de Exército irá capacitar mais de 4,3 mil militares nos mais diversos tipos de operações. Será também uma oportunidade de exercitar a capacidade expedicionária da tropa paulista. "É um privilégio reunir tantos meios para a execução de um exercício como esse", destacou o Comandante da 2ª DE, General de Divisão Luís Cláudio de Mattos Basto.

O terreno escolhido para essa simulação, que vai durar dez dias, compreende cidades do Vale do Paraíba e se estende até Resende (RJ). Este também será o primeiro exercício de grande vulto da 11ª Brigada de Infantaria após sua transformação em tropa mecanizada. 

Uma das primeiras atividades do Exercício Agulhas Negras é o apronto operacional, realizado no dia 10 de setembro, no Forte Ricardo Kirk, em Taubaté. Esta inspeção reuniu militares, equipamentos, viaturas e armamentos e foi uma oportunidade para o comandante se dirigir diretamente à tropa e verificar sua preparação para o exercício.

"Para nós é um privilégio estarmos hoje aqui com tropas da 2ª Divisão de Exército e do Comando Militar do Sudeste para um exercício com essa pletora de meios, com homens e mulheres profissionais, cerca de 4,3 mil militares no terreno, mais de 450 viaturas, mais de 70 blindados, aeronaves, meios de guerra eletrônica, vários meios que foram mobilizados para que a gente pudesse concluir o adestramento das tropas do Comando Militar do Sudeste no ano de 2022", enfatizou o Comandante da 2ª DE.

Antes da concentração dos meios, o General Basto emitiu a ordem de operações e as diretrizes para a realização do treinamento militar aos comandantes das Brigadas e Unidades subordinadas. 

O Exercício Agulhas Negras 2022 serve também para realizar a certificação de tropas de emprego estratégico do Exército Brasileiro e contará com a participação de 46 organizações militares, envolvendo uma Brigada Mecanizada, uma Brigada Aeromóvel, tropas paraquedistas, de defesa antiaérea, de guerra química, biológica, radiológica e nuclear, de guerra eletrônica, da Aviação do Exército, dentre outras de fora do CMSE, que dão apoio fundamental para o sucesso do exercício.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página