Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE prestigia aniversário de 470 anos de São Paulo
Início do conteúdo da página

6º BIL se prepara para exercício combinado com o Exército Argentino

Publicado: Quarta, 14 de Junho de 2023, 14h41 | Última atualização em Quarta, 14 de Junho de 2023, 14h58 | Acessos: 655

Caçapava (SP) – O General de Brigada Rovian Alexandre Janjar, Comandante da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, localizada em Uruguaiana (RS), esteve na 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), em Caçapava (SP), no dia 13 de junho para verificar a condição de preparo do batalhão do 6º Batalhão de Infantaria Leve (6º BIL) que estará sob seu comando no Exercício Combinado Arandu entre os dias 31 de julho e 4 de agosto no Campo de Instrução General Ávalos, em Monte Caseros, Corrientes, na Argentina.

Acompanhado do Comandante do 6º BIL, Coronel André Ricardo Lessa Pereira, o General conferiu os equipamentos, armamentos, viaturas, munições, suprimentos e demais materiais que serão utilizados pelo pelotão no exercício.

O Exercício Combinado Arandu tem como objetivo consolidar os laços de união, cooperação e amizade entre os exércitos do Brasil e da Argentina, além de fomentar o compartilhamento de experiências doutrinárias em planejamento de Estado-Maior e no emprego de tropas de operações especiais, paraquedistas, aeromóveis e blindadas.

A execução do ciclo de exercícios militares Arandu foi estabelecida na XIV Conferência Bilateral, em 2020. Em 2022, foi realizado um Exercício de Simulação com o Sistema de Batalha Virtual, na Argentina, com a finalidade de adestrar os estados-maiores das tropas de ambos os países.

Atuarão no âmbito da guerra convencional 322 militares argentinos e 300 brasileiros do Estado-Maior do Exército, Comando de Operações Terrestres, Comando Militar do Sul, Centro de Comunicação Social do Exército, 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), Brigada de Infantaria Paraquedista e Comando de Aviação do Exército e Comando de Operações Especiais. Também serão empregadas aeronaves e veículos blindados de ambos os países.

(Com informações da Aditância Militar do Brasil na Argentina)

registrado em:
Fim do conteúdo da página