Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > Desfile de 7 de Setembro em São Paulo
Início do conteúdo da página

5º BIL habilita cadetes de Infantaria em operações aeromóveis

Publicado: Segunda, 07 de Agosto de 2023, 14h37 | Última atualização em Terça, 15 de Agosto de 2023, 14h06 | Acessos: 422

Links relacionados:

Lorena (SP) – No período de 31 de julho a 2 de agosto, o 5º Batalhão de Infantaria Leve (5º BIL) aplicou o Estágio Básico do Combatente Aeromóvel (EBCA) para os cadetes do 4º ano do Curso de Infantaria da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).

Com a conclusão do estágio, os cadetes tornam-se aptos a planejar e realizar Operações Aeromóveis (Op Amv) integrando uma Força Tarefa Aeromóvel, binômio formado por uma Força de Helicópteros e uma Força de Superfície.

Além do aprimoramento das técnicas e táticas relacionadas ao emprego de helicópteros em operações militares, os cadetes tiveram a oportunidade de ter contato com modernos meios de emprego militar pertencentes ao Projeto Sistema Combatente Brasileiro (Projeto COBRA) recebidos pela unidade, como optrônicos, equipamentos de navegação, de proteção e armamentos.

Para o ensaio e coordenação da manobra planejada, os cadetes utilizaram a matriz de sincronização, ferramenta amplamente utilizada pela Brigada Aeromóvel que garante a perfeita sincronia entre as diferentes Funções de Combate dentro do cronograma e objetivos previstos.

Em apoio às ações de Inteligência, Reconhecimento, Vigilância e Aquisição de Alvos (IRVA), dentro da situação tática simulada, foi utilizado o Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP ou, do inglês, Remotely Piloted Aircraft System - RPAS), formado por uma Aeronave Remotamente Pilotada (ARP) de uso militar dotada de câmera embutida dupla com zoom de 32 vezes, além de sensor de visão termal, permitindo que o alvo seja detectado mesmo com baixa luminosidade. O uso do SARP ampliou a consciência situacional do comandante da fração momentos antes da ação no objetivo, de modo a retificar ou ratificar seu planejamento.

A fase de operações da atividade foi executada na região da Fábrica Presidente Vargas (IMBEL) no município de Piquete/SP.

registrado em:
Fim do conteúdo da página