Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE prestigia aniversário de 470 anos de São Paulo
Início do conteúdo da página

Chefes de instrução de Tiros de Guerra recebem distintivo de comando

Publicado: Quarta, 22 de Novembro de 2023, 16h10 | Última atualização em Quarta, 22 de Novembro de 2023, 16h10 | Acessos: 2540

São Paulo (SP) – Trinta e quatro chefes de instrução de Tiros de Guerra (TG) receberam o distintivo de comando em bronze no dia 22 de novembro, no Quartel-General do Comando Militar do Sudeste (CMSE). As normas para concessão de distintivo de comando (EB10-N-09.002) estão previstas na Portaria C Ex nº 499, de 22 de maio de 2017.

"Vocês todos se destacaram entre os seus pares, receberam essa missão e a cumpriram com denodo, com discernimento, com tirocínio e com muita efetividade", afirmou o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Guido Amin Naves.

O Estado de São Paulo conta, atualmente, com 77 Tiros de Guerra e cerca de 5.500 "atiradores", como são chamados os jovens que servem nos TG.

Os atiradores recebem instrução das 6h às 8h, conciliando o serviço militar com o estudo e/ou trabalho.

Por um período de 6 a 10 meses, o atirador participa de atividades específicas das Forças Armadas, como treinamento físico militar, marchas, acampamentos, instruções de armamento e tiro, camuflagem, primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, entre outras.

Tiros de Guerra

Os Tiros de Guerra são unidades militares do Exército Brasileiro encarregadas de formar cidadãos para compor a reserva mobilizável. Estão localizados em cidades que não possuem quartel e, desta forma, permitem ao jovem que completa 18 anos, prestar o serviço militar obrigatório por lei sem sair de sua localidade.

"Os Tiros de Guerra desempenham um papel fundamental ao levar o Exército a essas cidades, essas comunidades tão progressistas que nós temos aqui no interior de São Paulo", destacou o Comandante.

Como lembrou o General Amin durante a solenidade, as "unidades de linha" do CMSE estão concentradas no Vale do Paraíba e no eixo da Rodovia Anhanguera em direção a Uberaba (MG), com exceção do 37º Batalhão de Infantaria Mecanizado, em Lins.

Fotos: Sd Valeriano e Sd Chagas

registrado em:
Fim do conteúdo da página