Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > Organizações militares do CMSE incentivam civismo e patriotismo em escolas
Início do conteúdo da página

Comandante do Exército recebe Ordem do Mérito Industrial em São Paulo

Publicado: Quarta, 07 de Fevereiro de 2024, 14h36 | Última atualização em Quarta, 07 de Fevereiro de 2024, 14h36 | Acessos: 169

São Paulo (SP) – O Comandante do Exército, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, foi homenageado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) no dia 6 de fevereiro. O Comandante recebeu a comenda Ordem do Mérito Industrial, concedida a personalidades e instituições que atuam na promoção do desenvolvimento da indústria paulista.

O General Tomás se disse honrado com a comenda. "Uma semana atrás, eu estava na Terra Indígena Yanomami. É um problema real, um problema que se resolve com as instituições conversando", afirmou o Comandante, destacando a importância do bom relacionamento entre o Exército Brasileiro e demais instituições federais, estaduais e municipais. "É uma comenda que vai para os 212 mil integrantes da Força", completou.

A entrega da honraria ocorreu durante a reunião plenária do Departamento de Defesa e Segurança (DESEG) e do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (Simde).

O Comandante do Exército ministrou uma palestra para convidados do DESEG e representantes de empresas associadas ao SIMDE, autoridades militares, de segurança pública, profissionais da base industrial de defesa e representantes de Departamentos da Indústria de Defesa de outros Estados.

Intitulada "O Exército Brasileiro no cenário atual", o General Tomás falou sobre a missão constitucional do Exército, abordou os conflitos mundiais, expôs as últimas operações militares e ressaltou o trabalho do Exército na Terra Indígena Yanomami. "Nossa meta é entregar 15 mil cestas básicas até o final de março, começo de abril. São 366 comunidades indígenas e só se chega lá de helicóptero pequeno. Se o helicóptero for grande, estraga a casa dos indígenas. Então só conseguimos usar o Pantera", esclareceu. "A gente tem que participar com o coração e com a alma. São brasileiros que estão lá", acrescentou.

O General Tomás também apresentou os programas estratégicos do Exército. São eles: Forças Blindadas, Astros, Aviação, Defesa antiaérea, Obtenção de Capacidade Operacional Plena (OCOP) e Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron). "Não se prepara uma Força Armada da noite para o dia", concluiu o Comandante, reforçando a necessidade de investimento nas Forças Armadas.

Estiveram presentes o presidente da FIESP, Josué Gomes da Silva, o Comandante Militar do Sudeste, General de Exército Guido Amin Naves, o Comandante-Geral de Apoio (COMGAP), Tenente Brigadeiro do Ar Ricardo Augusto Fonseca Neubert, entre outras autoridades civis e militares.

Fotos: Sgt Marcos

registrado em:
Fim do conteúdo da página