Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias do CMSE > CMSE participa de evento sobre proteção social dos militares
Início do conteúdo da página

Aviação do Exército atua no socorro às vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul

Publicado: Quinta, 02 de Mai de 2024, 11h37 | Última atualização em Segunda, 06 de Mai de 2024, 15h32 | Acessos: 526

Porto Alegre (RS) – Três helicópteros da Aviação do Exército atuam no socorro às vítimas das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul.

Dois helicópteros modelos Pantera K2 do 2º Batalhão de Aviação do Exército (2º BAvEx) decolaram de Taubaté (SP) na manhã do dia 1º de maio com destino a Porto Alegre. Nesta quinta-feira (2), um helicóptero Fennec AvEx se juntou às outras duas aeronaves para apoiar a população do estado.

Os militares, entre eles integrantes do grupo de busca e salvamento da Aviação do Exército, estão sendo empregados na busca de pessoas ilhadas, na localização de desaparecidos, no resgate de feridos e no reconhecimento de áreas atingidas e de risco.

As buscas ocorrem de dia e noite, pois as tripulações estão equipadas com OVN (óculos de visão noturna), que permitem o voo noturno com baixa luminosidade e possibilitam o pouso em áreas não preparadas.

Estado de calamidade pública

O Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, decretou estado de calamidade pública no dia 1º de maio devido às chuvas intensas, alagamentos, granizo, inundações, enxurradas e vendavais que assolam o estado desde o dia 24 de abril.

Os eventos climáticos ocasionaram danos humanos, com a perda de vidas, e danos materiais e ambientais, com a destruição de moradias, estradas e pontes, além do comprometimento do funcionamento de instituições públicas e a interdição de vias.

registrado em:
Fim do conteúdo da página